Derrota para o São Paulo demonstra mais uma vez irregularidade do Galo

0
33
Atlético MG

Atlético MG seO Atlético (MG) ainda está em segundo no Brasileirão e mantém as chances para conquistar o título, o que não acontece desde 1971. Porém a derrota justamente para o líder São Paulo – uma das chamadas partidas de seis pontos – escancarou mais uma vez a inconstância e fragilidade, especialmente ofensiva, do Galo mineiro.

O São Paulo goleou até com certa facilidade e a equipe atleticana fraquejou quando mais se esperava que fizesse uma boa apresentação. O que mais doeu nos torcedores do alvinegro mineiro foi a forma com que a derrota veio: um 3 x 0 categórico que demonstrou a grande superioridade do Tricolor paulista e a confirmação de seu favoritismo para levantar a taça nem 2020.

Sampaoli viu seu time apático em campo e nada conseguiu fazer para mudar a situação. O Atlético (MG) saiu muito cedo da Copa do Brasil – eliminado pelo fraco Afogados de Pernambuco – e ficou fora da Sul-Americana ainda na primeira fase, perdendo a vaga para o Unión Santa Fé. Por isto tem todas as atenções voltadas para o Brasileirão, no qual deveria estar rendendo muito mais.

Agora no Brasileirão o Atlético (MG) ainda está na frente da Flamengo e Palmeiras, que completam o G4 e também aspiram ao título de 2020. Porém o alvinegro mineiro tem duas partidas a mais que os adversários mais próximos. 

Nas próximas rodadas o Galo enfrentará o Coritiba, Santos, Bragantino e o xará Atlético (GO) e apenas o jogo contra o Massa Bruta será fora de casa. Será a chance de Sampaoli colocar enfim o time em ordem e tentar ainda alcançar o São Paulo, o que no momento parece muito difícil para qualquer concorrente. Só o tempo dirá se o treinador argentino conseguirá.