Bahia enfrenta o Goiás na Fonte Nova

0
116
Bahia vs Goiás

Na sua luta para tentar escapar do rebaixamento, o Goiás obteve uma importante vitória – 1 a 0 – diante do Atlético Minero, na última quarta-feira, em jogo realizado no estádio do Serrinha, em Goiânia (GO). Neste sábado, o time enfrenta o Bahia, às 19h, no estádio da Fonte Nova, em Salvador.

O zagueiro Heron, o goleiro Tadeu, mesmo no banco de reservas, e o técnico Augusto César, que exerce a função de auxiliar, foram punidos com o terceiro cartão amarelo. Estão fora do jogo deste sábado. Quem retorna ao time é o atacante Vinícius Lopes, após cumprir suspensão.

Heron recebeu o cartão amarelo já na reta final do confronto por retardar o jogo em uma falta marcada para o Galo. Em seu lugar, o técnico Glauber Ramos deve escalar Iago Mendonça. Já Tadeu recebeu o amarelo por reclamação no banco de reservas. 

O técnico Glauber Ramos escalou para o gol, o goleiro Rangel. “Vamos com o Rangel, que perdeu a posição em 2019, mas está retomando. Nosso grupo é muito profissional. Todos se entendem e se respeitam – frisou o treinador.

Com a vitória diante do Atlético Mineiro, o Goiás chegou aos 32 pontos em 34 partidas disputadas e segue lutando para sair da zona do rebaixamento.

O time está na 18 colocação da tabela de classificação, com 32 pontos

No Bahia, técnico Dado Cavalcanti nãi vai poder contar com um doseus principais jogadores nesta reta final da competição. O meia Índio Ramírez, que se machucou durante a derrota por 1 a 0 para o Fluminense, na última quarta-feira, teve lesão constatada e não joga mais neste Brasileirão. 

O jogador sofreu lesão do ligamento cruzado anterior do joelho, além do menisco medial. Será submetido a uma artroscopia, e a previsão de retorno é de pelo menos seis meses de recuperação. 

A equipe pode ter o retorno do goleiro Douglas na partida contra o Goiás. O jogador foi atingido com violência no rosto no jogo contra o Vasco, pelo zagueiro vascaíno Leandro Castan, que foi expulso.

 – No jogo chamou a atenção o trauma na face. Mas houve contusão no joelho. Um exame afastou a lesão. Mas se ele estiver bem vai para o jogo de sábado”, completou o médico tricolor.

Entre os muitos problemas que o time possui, a defesa é um deles.  É a segunda pior do Brasileirão, com 55 gols sofridos, em 34 jogos; só atrás do Goiás, que sofreu 51.

Transmissão – Premiere