Botafogo encara o Cuiabá e pode disparar ainda mais na ponta do Brasileirão

0
135
Imagem: Divulgação

Após sete dias livres por conta do adiamento da partida que faria com o Fortaleza no meio da semana, o Botafogo recebe o Cuiabá neste domingo às 20 horas no Estádio Nilton Santos pela 30ª rodada do Brasileirão-23. O alvinegro carioca pode aumentar a vantagem na liderança da competição.

O Botafogo tem 59 pontos, seis a mais que o Palmeiras, que tem dois jogos a mais. Se bater o Dourado em casa o Glorioso dará um passo a mais no caminho de um título que conquistou pela última vez no distante ano de 1995. Desde que assumiu o comando do elenco, Lúcio Flávio conseguiu duas vitórias e um empate na última rodada contra o Athletico (PR).

O Cuiabá não vence há dois jogos, com uma derrota e um empate no período e precisa muito de um bom resultado para se afastar mais da zona de rebaixamento. A equipe de Mato Grosso está com 37 pontos na classificação, seis a mais que o primeiro clube na zona da degola.

Para o confronto com o Cuiabá Lúcio Flávio não terá Victor Sá, que levou o terceiro cartão amarelo na última rodada e está suspenso. Luís Henrique ganhará então mais uma oportunidade entre os titulares do alvinegro na partida deste domingo à noite no Nilton a Santos.

António Oliveira, treinador do Cuiabá, tem todos os titulares à sua disposição e poderá escalar força máxima contra o líder do campeonato. O técnico ainda tem, porém dúvidas no setor ofensivo, no qual Deyverson e Clayson já estão garantidos. Derik Lacerda e Isidro Pitta brigam por uma vaga.

O canal Premiere fará a transmissão ao vivo do duelo no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, a partir das 19h50. O árbitro do jogo será o goiano Wilson Pereira Sampaio, do quadro da Fifa, auxiliado por Luanderson Lima dos Santos (Fifa/RJ) e Leone Carvalho Rocha (GO). No VAR estará o gaúcho Daniel Nobre Bins (Fifa).

Prováveis Escalações:

Botafogo: Lucas Perri; Di Plácido, Adryelson, Cuesta e Marçal; Marlon Freitas, Tchê Tchê e Eduardo; Júnior Santos, Tiquinho Soares e Luís Henrique.

Cuiabá: Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Allan Empereur e Rikelme; Raniele, Lucas Mineiro e Fernando Sobral; Wellington Silva (Isidro Pitta), Clayson e Deyverson.