Capitão do Vasco, Léo pede paciência e apoio ao técnico Barbieri

0
210
Foto: Daniel Ramalho/ CR Vasco da Gama

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira à tarde no CT Moacyr Barbosa o capitão do Vasco, o zagueiro Léo, pediu um pouco de paciência à torcida e apoio ao técnico cruzmaltino, Maurício Barbieri, muito pressionado pelos torcedores devido ao mau momento do time na Série A do Campeonato Brasileiro.

Léo admitiu que sentiu muita frustração com a derrota para o Santos em São Januário na última rodada, o que gerou no final da partida muitos xingamentos e vaias dos torcedores, que mais uma vez lotaram o estádio e assistiram a uma má apresentação do Gigante da Colina.

O próprio Léo pediu para dar a coletiva á imprensa e reconheceu que o momento é terrível, mas enfatizou que o grupo está unido e tem trabalhado muito para que a situação melhore e possam dar alegrias aos torcedores cruzmaltinos. Segundo o capitão vascaíno, Barbieri é um técnico muito inteligente e que tem ótimas ideias, que demandam tempo para serem implantadas. Por isto, a torcida deve dar um voto de confiança, na análise de Léo, que o resultados começarão a surgir naturalmente.

O atleta vascaíno criticou a arbitragem do duelo com o Santos que, na sua opinião, deveria ter dado pênalti em Pedro Raul, mas nem sequer houve uma consulta ao VAR para checagem do lance, por si só bastante polêmico. Léo disse que ficou indignado no momento e pediu que as regras referentes a penalidades máximas sejam mais transparentes, com os juízes tendo um critério claro sobre o tema.

O Vasco ocupa a 16ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com seis pontos, somente um acima do Cuiabá, equipe que abre no momento a zona de rebaixamento da competição nacional. Na próxima rodada o Cruzmaltino terá um duro compromisso, pois enfrentará o São Paulo, em ascensão, no Morumbi. O jogo na capital paulista ocorrerá no sábado às 18h30.