Coritiba iguala número de rebaixamentos de América (MG) e Vitória

0
33
Coritiba

Com a derrota por 2 x 0 para o Santos na Vila Belmiro o Coritiba se juntou ao Botafogo e foi rebaixado para a Série B. Trata-se do sexto rebaixamento na história do Coxa, que se igualou a América (MG) e Vitória (BA) como os recordistas de quedas para a Série B.

Em meio à tristeza por mais um rebaixamento, que já parecia certo há várias rodadas, o presidente do Coritiba, Renato Follador, lamentou a sucessão de erros de gestões anteriores e prometeu uma “verdadeira revolução” no clube que o tornará forte e vencedor mais uma vez.

– Compromisso com o objetivo de resgatar a história alviverde de grandes conquistas. Compromisso de fazer uma verdadeira revolução para que todo torcedor coxa branca de coração, independentemente da idade, possa voltar a vibrar com seu time – prometeu o dirigente do clube paranaense.

Renato Follador considerou o ano de 2020 atípico por causa da pandemia de Covid-19, que prejudicou muitos clubes não apenas no Brasil, como em todo o mundo. Mesmo assim reconheceu falhas no planejamento que foi feito mesmo em meio à crise mundial, e enfatizou que um grande clube sempre se levanta e isto ocorrerá também com o Coritiba.

O arquirrival do Coritiba no Paraná, o Athletico (PR) ironizou o Coxa nas redes sociais e abriu espaço para que os torcedores do Furacão gozassem os alviverdes por mais uma queda. O Coritiba – campeão brasileiro em 1985 – terminou a 36ª rodada na penúltima colocação com 28 pontos, na frente apenas do Botafogo, que tem 24 e sustenta a lanterna. 

Entre os erros do Coxa em 2020 está a constante troca de técnicos ao longo da temporada, cinco ao todo, contando o auxiliar Pachequinho. O Coritiba está no Z-4 do Brasileirão desde a oitava rodada da competição, o que comprova que a queda para a Série B está longe de ser uma surpresa mesmo para seus torcedores mais fanáticos.