De olho no G-4 do Brasileiro, São Paulo recebe o Goiás

0
206
Imagem: Divulgação

Invicto desde que Dorival Júnior assumiu como técnico, substituindo Rogério Ceni, o São Paulo recebe o Goiás neste sábado às 21 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela oitava rodada da Série A . O Uma vitória no confronto com o Esmeraldino pode até mesmo, dependendo dos resultados, levar o tricolor ao G-4 do Campeonato Brasileiro.

Os são paulinos estão no momento na oitava colocação da competição nacional, com 12 pontos. Porém, a diferença do tricolor para o Atlético (MG), que fecha a faixa de classificação para a Taça Libertadores, é de somente um ponto. O Galo enfrentará a forte equipe do Palmeiras em Belo Horizonte.

O Goiás vem de uma vitória importante sobre o Universitário, que o levou à liderança de seu grupo no torneio continental. Por outro lado, o Esmeraldino vai muito mal no Brasileirão, no qual figura somente na 16ª posição, portanto na beirada da zona da degola da Série A.

Recuperados de lesões, David e Mendez poderão voltar contra o Goiás neste sábado. Por outro lado, Dorival Júnior, Rodrigo Nestor, que se contundiu na última rodada contra o Vasco, provavelmente ficará de fora. Outro que está praticamente vetado é Arboleda, com problemas musculares.

No time goiano o técnico Emerson Ávila tem três desfalques: Morelli e Vinícius estão contundidos e Zé Ricardo ficará de fora por ter de cumprir suspensão automática. O treinador ainda tem uma dúvida, se escalará Apodi ou Felipe Ferreira no duelo desta noite no Morumbi.

Os canais SporTV e Premiere transmitirão o jogo ao vivo direto do Morumbi, a partir das 20h50, para todo o Brasil. O árbitro da partida será Rafael Rodrigo Klein, do Rio Grande do Sul, auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Maurício Coelho Silva Penna. No VAR estará Rodrigo Nunes de Sá.

Prováveis escalações:

São Paulo: Rafael; Rafinha, Diego Costa, Beraldo e Caio Paulista; Pablo Maia, Gabriel Neves, Wellington Rato (Michel Araújo) e Alisson; Luciano e Carelli.

Goiás: Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo e Sander; Willian Oliveira, Diego e Palácios; Apodi (Felipe Ferreira), Alesson e Matheus Peixoto.