Derrotado na última rodada, Grêmio busca a recuperação contra o São Paulo no Morumbi

0
203
São Paulo vs Grêmio
Imagem: Divulgação

Derrotado em casa e de virada pelo Athletico (PR) na última rodada, o Grêmio junta os cacos e tenta manter o sonho de conquistar o título do Brasileirão apesar da distância de 14 pontos para o líder Botafogo. O tricolor gaúcho encara o São Paulo neste sábado às 18h30, no Morumbi, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os são paulinos, depois de terem conquistado pela primeira vez a Copa do Brasil, têm como única meta no Brasileirão juntar pontos para eliminar definitivamente o risco de rebaixamento. O tricolor do Morumbi está na 11ª posição, com 35 pontos – cinco a mais que o Santos, que no momento abre a zona da degola da Série A. Na última rodada os paulistas perderam para o Goiás por 2 x 0 em Goiânia e buscam a recuperação contra os gaúchos.

O Grêmio tem 44 pontos e ocupa a quarta colocação. Embora ainda esteja no G-4, que garante vaga direta para a próxima edição da Taça Libertadores, o Imortal precisa pontuar porque Palmeiras e Atlhetico (PR) estão empatados como os gaúchos, perdendo apenas nos critérios de desempate.

O São Paulo, comandado por Dorival Júnior, tem de recuperar a motivação para o Brasileirão para evitar que o time se aproxima muito da zona da degola. A conquista inédita da Copa do Brasil parece ter deixado alguns dos atletas quase em clima de “férias” na temporada.

O jogo entre São Paulo e Grêmio terá a transmissão direta e ao vivo para todo o Brasil do canal Premiere a partir das 18h20, direto do Estádio do Morumbi, na capital paulista. O árbitro da partida será o mineiro André Luiz Skettino Policarpo Bento, auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR). No VAR estará Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG).

Prováveis escalações:

São Paulo: Rafael; Rafinha, Diego Costa, Beraldo e Wellington Paulista; Pablo Maia, Alisson, James Rodriguez e Michel Araújo; Lucas e Luciano (Erison).

Grêmio: Gabriel Grando; João Pedro, Bruno Alves, Kannemann e Fábio; Villasanti, Pepê, Cristaldo, Lucas Besozzi e Galdino; Suárez.