Flamengo e Bragantino fazem confronto direto pelo G-4 do Brasileirão

0
193
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Em jogo adiado da 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Red Bull Bragantino duelam nesta quinta-feira às 21h30 no Estádio do Maracanã. O confronto envolvem equipes que lutam pelo G-4 do Brasileirão-23 e ainda têm chance de levantar a taça no final da temporada.

O  Flamengo está em sexto lugar, com 57 pontos, e tem chance de alcançar a terceira colocação caso vença o Massa Bruta. Na última rodada o rubro negro da Gávea empatou o clássico com o Fluminense também no Maracanã depois de começar muito bem a partida e abrir o marcador, caiu mais uma vez de produção na segunda etapa e permitiu a igualdade dos tricolores.

O Red Bull Bragantino escapou de ser derrotado pelo Botafogo em casa em seu último compromisso. Os cariocas venciam por 2 x 1, mas o árbitro Anderson Daronco abusou em dar descontos e o time do interior paulista conseguiu empatar. Com isso, o Massa Bruta caiu para a quarta posição, com 59 pontos, mas poderá dormir na vice-liderança caso derrote o Flamengo e o Botafogo não vença o Fortaleza no Ceará, confronto que também acontece nesta quinta-feira.

Para o jogo contra os paulistas o técnico Tite terá força praticamente máxima. O único desfalque é o atacante Gabigol, expulso no clássico contra o Fluminense. Ayrton Lucas também deverá retomar a posição na lateral esquerda, com Filipe Luís voltando para o banco contra o Bragantino.

Pedro Caixinha, técnico do Massa Bruta, promoverá algumas mudanças. O zagueiro Léo Realpe está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o lateral-direito Andres Hurtado, que estava servindo à Seleção do Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, também desfalcará o time de Bragança Paulista (SP). More: netfla.com.br

O confronto entre Flamengo e Red Bull Bragantino terá a transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo canal Premiere a partir das 21h20, direto do Estádio do Maracanã, O árbitro do jogo será o catarinense Bráulio da Silva Machado (Fifa), auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS). No VAR estará Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC).