Hat-trick contra o Figueirense é o quinto da carreira de Nenê

0
80
Hat-trickde de Nene
Foto: Lucas Mercon / Fluminense FC

Nem Gabigol do Flamengo nem Germán Cano do Vasco. O artilheiro do Brasil no ano de 2020 é o experiente Nenê, do Fluminense, ao lado de Tiago Orobó, do Fortaleza, ambos com 15 gols. A forma física do atleta de 39 anos impressiona e o talento permanece um grande diferencial do craque tricolor.

Na partida desta terça-feira à noite pela Copa do Brasil Nenê, além de fazer os três gols da vitória do clube carioca (3 x 0), deu muitos passes precisos e foi uma importante referência para os vários jovens do elenco tricolor. Ele passa tranquilidade e parece ter sempre a melhor solução para cada lance de ataque.

O Figueirense havia vencido o primeiro jogo desta fase da Copa do Brasil por 1 x 0 em Florianópolis, antes da paralisação por conta da pandemia de Covid-19. Mas se o time catarinense contava com a vantagem para segurar o resultado no Rio de Janeiro ou surpreender os cariocas nos contra-ataques, tudo começou a desmoronar logo aos 14 minutos da primeira etapa com o primeiro de Nenê.

No segundo tempo mais dois para fechar com chave de ouro o show do canhoto Nenê, um aos nove e outro aos 35 minutos. Resultado: o meia do Flu tornou-se o artilheiro da Copa do Brasil com seis gols e mais uma vez demonstrou que a idade não faz diferença quando o talento é grande.

Outro destaque da goleada sobre o Figueira foi o jovem Calegari, lateral-direito de apenas 18 anos do Fluminense. O garoto voou alto e parece não sentir a responsabilidade de atuar em partidas decisivas. Mais uma vez fica comprovado que a base do Tricolor carioca forma ótimos atletas. 

Calegari foi à frente com personalidade, defendeu bem e apoiou o meio campo. Outra grande atuação. Fim de jogo e Flu classificado, show de Nenê e o lateral-direito ainda menino jogando como gente grande.