Há seis jogos sem vencer, Botafogo tenta voltar à liderança contra o Fortaleza

0
112
Serie A logo
Imagem: Divulgação

No jogo mais importante do ano até aqui para o clube, o Botafogo visita o Fortaleza nesta quinta-feira às 19 horas na Arena Castelão, na capital cearense. O confronto ainda faz parte da 29ª rodada e o alvinegro carioca tenta voltar a vencer e reassumir a ponta do campeonato brasileiro.

O Fortaleza está há oito jogos sem saber o que é uma vitória – desde que perdeu o título da Sul-Americana para a LDU o Leão do Pici não se encontrou mais no Brasileirão e vive amargando derrotas na competição. Com isso, o tricolor cearense caiu para a 12ª posição, com 42 pontos, e já corre risco de rebaixamento.

O Botafogo liderou o Brasileirão durante várias rodadas e chegou a ter 13 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. No segundo turno, porém, faz uma campanha de rebaixado e perdeu pelo menos provisoriamente a ponta para o Palmeiras na última rodada. Para tentar interromper a vertiginosa queda de produção e retomar a caminhada rumo a um título que não conquista há quase 30 anos a diretoria contratou o técnico Tiago Nunes, que fará a estreia nesta quinta feira. Curiosamente, o novo comandante trabalhou no Ceará, maior rival do Leão do Pici, e jamais perdeu um jogo para o adversário de hoje.

O técnico do time cearense, Juan Pablo Vojvoda, terá força máxima para enfrentar o Botafogo e tentar retomar o caminho das vitórias. O Leão não tem contundidos nem suspensos para o duelo com os cariocas na Arena Castelão nesta quinta-feira à noite.

No Botafogo Tiago Nunes, que só teve uma semana para realizar treinamentos com seus novos comandados, deverá manter a base que estava atuando com Lúcio Flávio. O novo comandante passou a semana tentando corrigir erros de posicionamento no sistema defensivo e, principalmente, fazendo um trabalho psicológico com os atletas para tentar recuperar a confiança de todos.

O canal Premiere fará a transmissão do duelo entre Fortaleza e Botafogo a partir das 18h50, direto da Arena Castelão, na capital do Ceará. A arbitragem do jogo vem toda de Santa Catarina, com Ramon Abatti Abel (Fifa) no apito, auxiliado por Kléber Lúcio Gil e Thiaggo Americano Labes. No VAR estará o paranaense Rodolpho Toski Marques (Fifa/VAR).