Inter poderá pagar R$ 1 milhão para ter Rodinei contra o Flamengo

0
148
Rodinei
Rodinei (foto: Ricardo Duarte / Internacional)

O técnico argentino Diego Simeone está muito perto de bater outro recorde histórico no Atlético de Madrid, atual líder do Campeonato Espanhol. Se a equipe vencer o Levante na próxima quarta-feira – o que seria seu 18º triunfo na temporada – o treinador igualará o recorde de Luis Aragonês, ídolo colchonero, que obteve 308 vitórias em 612 partidas no comando do clube da capital.

Simeone já venceu 307 das 508 partidas como técnico colchonero. Na última rodada o Atlético derrotou o Granada por 2 x 1 em jogo realizado fora de casa que confirmou mais uma vez a supremacia do clube da capital na atual temporada. 

O time tem 54 pontos no torneio, oito a mais que o Real Madrid, e ainda tem um jogo a menos que o arquirrival merengue. A imprensa esportiva espanhola já aponta a equipe comandada por Simeone como o virtual campeão, embora ainda faltem várias rodadas para o fim do campeonato nacional daquele país europeu.

Simeone chegou ao clube em 2011. Sob o seu comando os colchoneros conquistaram ligas europeias e o título espanhol de 2013/2014, algo que não ocorria desde a temporada de 1995/1996. Também em 2015 o clube chegou pela primeira vez a uma final da Uefa Champions League, mas perdeu para o Real por 4 x 1.

No Atlético o argentino conquistou ainda a Copa do Rei de 2012/2013, a Supercopa da Espanha de 2014, a Liga Europa em 2011/2012 e 2017/2018 e a Supercopa da Uefa em 2012 e 2018. O time também chegou a mais uma final da Champions, mas mais uma vez saiu derrotado.

O fato é que Diego Simeone – apelidado “El Cholo” – cada vez mais desponta como o maior nome da história dos treinadores do Atlético de Madrid e caminha para mais uma temporada maravilhosa à frente dos colchoneros da capital espanhola.