Invicto há seis jogos, Cuiabá encara o Athletico (PR) em Curitiba

0
128
Cuiaba vence a Chapecoense
foto: Cuiabá Esporte Clube

Athletico (PR) e Cuiabá fecham nesta terça-feira às 20 horas, na Ligga Arena, em Curitiba, a 19ª e última rodada do turno do Campeonato Brasileiro. As duas equipes estão bem na competição e chegam muito motivadas, apesar de o Furacão ter sido eliminado nos pênaltis pelo Bolívar no meio da semana, também na capital paranaense.

O rubro negro não perde há quatro partidas no Brasileiro e na última rodada empatou com o Santos, mas vencia o alvinegro praiano até quase o fim da partida. O Athletico (PR) tem 28 pontos e está na sétima colocação na tabela. Se vencer o Dourado hoje à noite se aproximará do G-4 do campeonato.

O Cuiabá faz uma grande campanha e está há seis rodadas sem saber o que é ser derrotado. O time vem de quatro vitórias consecutivas, sobre Fortaleza, Internacional, São Paulo e Flamengo. O Dourado também tem 28 pontos, mas perde para o rival desta terça feira nos critérios de desempate.

Para o confronto com a traiçoeira equipe de Mato Grosso o técnico interino do Furacão, Wesley Carvalho, deverá repetir a base que atuou pela Libertadores no meio da semana. Porém, Cacá e Vítor Bueno entrarão na vagas de Zé Ivaldo e Pablo, respectivamente. Vidal voltará de suspensão.

No Cuiabá o treinador António Oliveira terá mais uma vez força máxima. A escalação deverá ser a mesa que goleou o Flamengo por 3 x 0 na última rodada na Arena Pantanal com uma grande exibição. Vitão está recuperado de uma contusão e está a disposição do treinador.

O confronto entre o Athletico (PR) e o Cuiabá, fechando a 19ª rodada da Série A, será televisionado ao vivo pela CazéTV e TNT (menos para o Paraná) a partir das 19h50, direto de Curitiba. O árbitro será Arthur Gomes Rabelo, do Espírito Santo, auxiliado por Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP). No VAR estará Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa/SP).

Prováveis escalações:

Athletico (PR): Bento; Khellven, Cacá (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Esquivel; Erick, Fernandinho e Vidal; Vítor Bueno (Pablo), Canobbio e Vítor Roque.

Cuiabá: Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur e Rikelme; Raniele, Fernando Sobral e Ceppelini; Jonathan Cafu, Clayson e Deyverson.