De volta ao São Paulo, Muricy não deseja interferir em trabalho de Diniz

0
84
Muricy Ramalho
Muricy Ramalho (foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Muricy Ramalho chegou ao São Paulo para trabalhar como coordenador de futebol na nova gestão do clube e, se possível, ajudar para que o tricolor paulista quebre o jejum de títulos que se estende desde 2012. Com uma carreira vitoriosa como treinador são paulino, tricampeão brasileiro entre 2006 e 2008, ele garante, porém, que não pretende interferir no trabalho do atual comandante, Fernando Diniz. 

Antes de aceitar o convite para coordenador de futebol do clube no qual é considerado um ídolo histórico, o ex-treinador chegou a opinar sobre a linha defensiva do São Paulo montada por Fernando Diniz. Muricy tornou-se conhecido por montar estratégias defensivas muito efetivas e considerou o setor muito desorganizado sob o comando de Diniz.

Na ocasião o atual técnico são paulino não respondeu às observações do consagrado Muricy, mas agora terão de trabalhar em sintonia no clube do Morumbi. Ramalho, entretanto, já assegurou que não pressionará e nem mesmo dará opiniões sobre o esquema montado pelo treinador.

Nos dois primeiros meses de 2021 Muricy Ramalho passará inicialmente por um período de adaptação acompanhando de perto o trabalho de Raí, responsável pelo futebol até o final de fevereiro. O ex-treinador inclusive já começou a blindar Diniz e o elenco por causa dos recentes insucessos do time, com a eliminação da Copa do Brasil pelo Grêmio na semifinal e a derrota de 4 x 2 para o Bragantino pela última rodada do Brasileirão.

O São Paulo por enquanto mantém-se na liderança isolada da Série A, om 56 pontos e neste domingo enfrenta o Santos no clássico marcado para o Morumbi. O estádio, inclusive, precisa ser bem utilizado quando o tricolor jogar como mandante. Ainda haverá seis partidas no Morumbi até o final do Brasileirão e se fizer pelo menos o dever de casa poderá conquistar seu sétimo título nacional e pôr fim ao incômodo jejum.