Árbitro relata na súmula que foi xingado por Luxemburgo no jogo contra o Operário

0
39
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo (foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)

A confusão ocorrida no final do jogo entre Cruzeiro e Operário em Sete Lagoas (MG), que terminou empatado em 1 x 1, pode custar caro para o Cruzeiro. O time mineiro poderá ver seu treinador, Vanderlei Luxemburgo, pegar alguns jogos de gancho na Série B no momento que a equipe mais precisa reagir para continuar sonhando em retornar à elite do futebol brasileiro.

O Cruzeiro marcou um gol já no apagar das luzes que lhe daria a vitória na Arena do Jacaré. Depois de reclamações dos atletas do Operário (PR) o árbitro Rodrigo Dalonso foi chamado pelo VAR e após muito tempo de indefinição anulou o tento dos mineiros, marcado pelo boliviano Marco Moreno. O árbitro de vídeo alegou que a bola teria batido na mão do meia Marco Antônio. 

A anulação do gol foi a senha para um enorme bate-boca e segundo a súmula do juiz o técnico Vanderlei Luxemburgo o teria chamado de “safado”, dizendo que o árbitro estaria “mal-intencionado” desde o começo da partida. Luxemburgo acabou expulso de campo. Os cruzeirenses também criticam a marcação de pênalti para o Operário, que selou o empate dos paranaenses em Sete Lagoas.

As ofensas de Luxemburgo relatadas na súmula do juiz da partida poderão levar a alguns jogos de suspensão para o treinador cruzeirense, dependendo de decisão do STJD. O árbitro também relatou que outros dois auxiliares do treinador da Raposa, Maurício Copertino e o preparador de goleiros André Croda, teriam trocado agressões com o auxiliar técnico do Operário, Leandro Niehues, o que motivou outras expulsões.

Durante a segunda etapa da partida, segundo o árbitro, objetos foram jogados em campo pela torcida cruzeirense na Arena Jacaré, incluindo um copo plástico e uma latinha de alumínio. O responsável pelo arremesso foi identificado, mas o fato também pode render até a perda do mando de campo em alguns compromissos do time mineiro.

Com o empate com o Operário em casa o Cruzeiro ficou em 12º lugar na Série B, com 30 pontos, 11 a menos que o CRB, último clube a figurar no G4 do torneio. Os mineiros, porém, ainda poderão perder duas posições na rodada, para o CSA e o Brusque, que ainda não jogaram.