Chamusca escalará Guilherme Santos na lateral-esquerda contra o Sampaio Corrêa

0
56
Marcelo Chamusca
Marcelo Chamusca (foto: Vitor Silva / Botafogo)

O técnico do Botafogo, Marcelo Chamusca, não usará Rafael Carioca na lateral-esquerda no confronto com o Sampaio Corrêa no próximo sábado em São Luís pela Série B do Brasileirão. O até então titular, o jovem Paulo Victor, foi vendido ao Internacional (RS), mas o treinador não pretende escalar seu substituto natural no banco de reservas. Rafael, inclusive, nem sequer foi relacionado para seguir para a capital maranhense.

Na vaga de Paulo Victor Marcelo Chamusca deverá usar Guilherme Santos, que vinha atuando como volante e deverá ser deslocado para a ala esquerda do alvinegro. Na verdade, nem Rafael Carioca nem o próprio Guilherme Santos gozam da simpatia da maior parte da torcida botafoguense, que tem criticado muitos os jogadores nas redes sociais.

Chamusca relacionou Matheus Frizzo e Rickson para seguir com a delegação. Eles ficaram de fora dos últimos compromissos do Glorioso e pelo jeito talvez possam ser acionados pelo treinador no decorrer da partida contra o Sampaio Corrêa.

O treinador também tem sido muito criticado por parte da torcida, que o acusa de ser excessivamente medroso e preferir usar atletas com os quais trabalhou em outros clubes como o Cuiabá, ou seja, de formar uma espécie de “panela.

O jogo contra os maranhenses fora de casa fará parte da sétima rodada da Série B. A partida que o alvinegro teria no meio da semana contra o CSA foi adiada pela CBF porque o estádio do Botafogo, Nilton Santos, está sendo usado em jogos da Copa América e o clube carioca estava com dificuldade de arrumar um local para enfrentar os alagoanos. 

No momento o Botafogo está em nono lugar no torneio, com oito pontos, mas um jogo a menos que a maioria dos participantes da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021.