Clássico de Florianópolis é destaque da 31ª rodada da Série B

0
94
Figueirense vs Avaí

Na 18ª posição da Série B do Brasileirão e precisando desesperadamente de uma vitória para deixar a zona de rebaixamento, o Figueirense receberá neste sábado, às 16 horas no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, o arquirrival Avaí em mais uma edição do maior clássico catarinense.

O Avaí está em posição bem melhor que o adversário e tem 44 pontos, 12 a mais que o Figueira. O Leão da Ilha tem um jogo a menos que o quarto colocado da competição, o Juventude, que soma 49 pontos. Por isso, a equipe azul e branca de Santa Catarina quer os três pontos sobre o alvinegro para continuar sonhando com o acesso à Série A.

Nos dois jogos realizados entre este ano o Avaí saiu levando a melhor e venceu o Figueirense por 2 x 0 no campeonato estadual e 1 x 0 no primeiro turno da Série B. Agora, mais do que nunca, o alvinegro precisa quebrar o jejum e sair com os três pontos de seu estádio.

O técnico do Avaí, Claudinei Oliveira, não poderá contar com o volante Jean Martim, uma de suas principais peças no time titular. O jogador dividiu uma bola com o atacante Jonathan em um treinamento realizado esta semana e saiu carregado de campo.

Sem Jean Martim a tendência é que Leandrinho fique com sua vaga no clássico contra o Figueira. Recuperado de uma contusão, Ralf também luta por uma vaga no meio campo do Avaí, setor da equipe no qual apenas Valdívia é considerado titular absoluto pelo treinador Claudinei.

O técnico Jorginho, do Figueirense, nega que a maior pressão esteja sobre o alvinegro por causa de sua posição na zona de rebaixamento. Segundo o treinador, por tratar-se de um clássico, ambas as equipes estão sob muita pressão para vencer o confronto. “Não é um jogo qualquer e a rivalidade sempre mexe com os dois lados, por isso o outro lado também é pressionado em momentos como esse”, salientou Jorginho.