Começo do Vasco na Série B preocupa

0
45
Marquinhos Gabriel
Marquinhos Gabriel (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

O Vasco começou a disputa da Série B com uma derrota em casa para o Operário por 2 x 0, deu à torcida alguma esperança de que as coisas estavam melhorando ao empatar em Campinas com a Ponte Preta por 1 x 1 e vencer o Brasil de Pelotas por 2 x 1 no Rio Grande do Sul, mas na última rodada voltou a decepcionar. O time foi batido até com certa facilidade pelo Avaí por 2 x 0, mas uma vez em São Januário, e encheu de preocupação a torcida do Cruzmaltino.

Apático e inoperante em campo, o time carioca em nenhum momento mereceu sair de seu próprio estádio com os três pontos que poderiam lhe dar mais tranquilidade. A falta de repertório ofensivo também é evidente na equipe comandada por Marcelo Cabo. O treinador, aliás, já começa a ser pressionado por melhorias reais no grupo.

Só para lembrar, o time que derrotou o Vasco no Rio de Janeiro, o Avaí, estava na lanterna da Série B e não é nenhum “bicho papão”, mesmo assim passeou em São Januário na partida realizada na última quarta-feira pela quarta rodada do torneio. A bola dificilmente chegava aos atacantes vascaínos em boas condições para que tentassem o gol e a defesa falhou seguidamente.

Com o futebol que vem apresentando neste início de Série B os torcedores temem que dificilmente a equipe consiga regressar à elite do futebol brasileiro já em 2022. Falta uma maior compactação das linhas e mais capacidade de furar o bloqueio defensivo dos adversários. A movimentação é deficiente e o que se vê em campo é um grupo de atletas muitas vezes perdidos. A situação realmente é delicada.

Na próxima rodada o Vasco mais uma vez jogará em casa no sábado às 16h30, contra a perigosa equipe do CRB – que derrotou o Cruzeiro em Belo Horizonte – e precisa acordar logo se não quiser permanecer longe do pelotão principal da Série B. É o mínimo eu sua apaixonada torcida espera do time.