Erros sucessivos afastam cada vez mais o Vasco do acesso

0
21
Lisca
Lisca (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

Não adianta só reclamar dos possíveis erros do VAR ou de supostas armações dos bastidores. A verdade é que o Vasco patina na Série B e está cada vez mais distante do retorno à elite do futebol brasileiro em 2022. A derrota por 3 x 1 para o Avaí na última terça-feira em Florianópolis escancarou mais uma vez as fragilidades do elenco do time da Colina e a incapacidade do técnico Lisca de arrumar a casa e dar alguma esperança à sofrida torcida do Cruzmaltino carioca.

Alguns jogadores já admitem que o retorno à Série A em 2022 ficou difícil. O Vasco no momento tem 32 pontos, seis a mais que o terceiro e o quarto colocado, respectivamente Botafogo e Goiás, que ainda jogarão. Com isto, o clube de São Januário poderá terminar o final de semana a nove pontos do G4. Pior que isto, o próximo compromisso do Cruzmaltino será contra o vice-líder CRB em Maceió.

– No momento a gente não é candidato ao título e nem mesmo ao acesso. Temos de fazer alguma coisa diferente, estamos vacilando em momentos bobos e acho que não há mais tempo para estes vacilos. Agora é juntar tudo e tentar melhorar no próximo jogo – admitiu o volante Romulo ao sair de campo após a derrota para o Avaí.

Nos três gols sofridos pelo Vasco a defesa apresentou falhas coletivas e individuais, o que vem se repetindo ao longo do campeonato. Em dado momento, em lance bizarro, dois jogadores vascaínos se atrapalharam numa cobrança de falta e demonstraram a falta de entrosamento do time.

Se Lisca deixou de ir para o Botafogo e optou pelo Vasco por achar que teria mais chances de regressar com o time à Série A e somar alguns pontos a mais em seu currículo, o técnico deve agora estar arrependido. Enquanto o colega Enderson Moreira, que assumiu o Glorioso, acumula vitórias e já posicionou sua equipe no G4, o Gigante da Colina tem cada vez mais se apequenado e tem grande chance de amargar mais uma temporada na Série B.