Luxemburgo cobra mais criação de meio-campistas do Cruzeiro

0
24
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo (foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)

O empate de 0 x 0 com o CRB fora de casa na última rodada da Série B do Brasileirão não desagradou de todo à comissão técnica do Cruzeiro, mas o técnico Vanderlei Luxemburgo lamentou que o ataque celeste tenha ficado tão isolado durante o confronto realizado em Maceió.

Para o treinador cruzeirense, os homens de meio de campo criaram muito pouco e o jovem centroavante Thiago quase não foi acionado contra os alagoanos, impedindo que a Raposa chegasse com mais facilidade ao gol adversário.

Thiago tem apenas 20 anos de idade e substituiu o experiente Marcelo Moreno, que está servindo à seleção de seu país nas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar e permanecerá fora por algum tempo das escalações do Cruzeiro.

– Tem de ter alguém para meter a bola para o atacante. Isto é muito simples, pois isolado e sem receber passes o jogador não conseguirá nada durante uma partida – enfatizou Luxemburgo.

Atletas como Giovanni, se muita qualidade no passe, não produziram muito contra o CRB na análise do treinador da Raposa, o que dificultou as ações ofensivas do time em Maceió. Luxemburgo cobrou mais participação do setor de mio campo.

O atacante Thiago já fez 14 partidas entre os titulares e marcou o gol da vitória sobre o Náutico por 1 x 0 no Estádio dos Aflitos, em Recife, no último dia 17. Trata-se de um jogador versátil e bem presente na área adversária, mas que não deveria voltar para buscar as bolas e iniciar as ações ofensivas.  

O empate com o CRB deixou o Cruzeiro com 25 pontos na Série B, em décimo lugar na tabela e muito longe do G4 do torneio nacional. O Botafogo, último time a compor a faixa de acesso à Série A, tem 35. Na próxima rodada a equipe mineira enfrentará o Goiás no Estádio da Serrinha, em Goiânia, no feriado de 7 de setembro, às 21h30.