Volante do Novorizontino acredita que equipe pode fazer história na semifinal do Paulista

0
193
Campeonato Paulista
Imagem: Divulgação

Nunca o Novorizontino esteve tão perto de repetir a dose e voltar a uma final de Campeonato Paulista, o que aconteceu uma única vez em sua história, no distante ano de 1990. O time do interior enfrentará o poderoso Palmeiras, atual bicampeão brasileiro e paulista, na semifinal do estadual.

Há 34 anos o Tigre decidiu o Paulistão contra o Bragantino no que ficou conhecido como a “Final Caipira”, afinal pela primeira vez dois clubes do interior do estado disputariam o torneio. O Massa Bruta conquistou o campeonato depois de dois empates em tempos normais nos confrontos da final e mais um na prorrogação. Por ter tido a melhor campanha o Bragantino tinha a vantagem segundo o regulamento, sem a necessidade de cobrança de pênaltis.

O time atual eliminou o São Paulo na fase anterior e agora terá o grande desafio de desbancar o Palmeiras, verdadeiro bicho-papão de títulos no futebol brasileiro na atualidade. Uma tarefa indigesta mesmo um dos chamados grandes do País.

Mesmo reconhecendo o poderio do adversário, o volante Geovane comemora a boa fase do Novorizontino e garante que ele e seus companheiros estão preparados para o grande desafio contra o Palmeiras.

“Sim, podemos vencer e continuar fazendo história. Respeitamos nosso adversário, mas sabemos de nosso potencial, temos um grande elenco e um grande treinador”, enfatizou Geovane.

O camisa 5 do Tigre está muito feliz, porque depois de ter ficado de fora de parte do campeonato ele regressou exatamente no confronto com o São Paulo, que levou o Novorizontino à semifinal do Paulistão.

Palmeiras e Novorizontino se enfrentarão na próxima quinta-feira às 21h35, em São Paulo, para a definição de quem avançará para a grande final do estadual mais importante do País.