Organizadas do Corinthians exigem saída de Mancini

0
157
Vagner Mancini
Vagner Mancini (foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Torcedores de organizadas do Corinthians estenderam faixas na tarde deste sábado no Centro de Treinamento Joaquim Grava protestando contra a situação do clube e exigindo da diretoria alvinegra mudanças urgentes no elenco.

Um dos maiores alvos da manifestação da Fiel foi o técnico Vagner Mancini. Os torcedores exigem a saída do treinador, considerado por muitos alguém fraco para comandar o Corinthians, principalmente na disputa do próximo Brasileirão.

Na véspera do clássico com o Santos pelo Paulistão na Vila Belmiro os torcedores estenderam uma faixa destacando que “clássico é guerra” e exigindo os três pontos contra o Peixe mesmo na casa do adversário. Os corintianos não admitem que o elenco do clube esteja aquém das tradições alvinegras.

Uma das faixas trazia escrita a frase “salário grande, futebol pequeno”. Os torcedores alvinegros também acusaram os jogadores de estarem atuando sem vontade e não honrarem a camisa do Timão de Parque São Jorge.

O presidente corintiano, Duílio Monteiro Alves, também foi criticado pelas organizadas. Uma das faixas colocadas no CT destacava: “Duílio, arruma esta cag… ou pula do barco.” Os torcedores deixaram claro que se nada mudar e alguns reforços não forem contratados com urgência poderão ser muito mais incisivos em futuras manifestações.

A recente derrota para a Ferroviária e os empates contra o São Bento e o River Plate do Paraguai (este último compromisso pela Copa Sul-Americana) deixaram os torcedores muito irritados e a situação de Mancini no comando da equipe começa a ficar delicada.

Apesar da insatisfação e das manifestações por parte da Fiel, o Corinthians ainda está disparado na liderança do Grupo A do Paulistão com 18 pontos – cinco vitórias, três empates e apernas uma derrota, justamente para a Ferroviária.