Atlético (MG) e Brasil (RS) se enfrentam pela Copa do Brasil

0
204
Foto: Pedro Souza/Atlético (MG)

No jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Atlético (MG), que conquistou no último final de semana o tetracampeonato mineiro, recebe no Mineirão o Brasil de Pelotas (RS). O confronto começará ás 21h30 e a partida de volta está marcada para o próximo dia 26 no Estádio bento Freitas, no Sul.

Se cada time vencer uma partida pela mesma margem de gols a decisão da vaga ocorrerá em cobranças de penalidades máximas. Não existe o critério de considerar gols marcados fora de casa como vantagem para um possível desempate, como chegou a ocorrer em edições passadas do torneio nacional.

Mesmo tendo conquistado mais um título mineiro, o Galo passou por uma crise, quando o técnico Eduardo Coudet criticou algumas posturas da diretoria atleticana e causou um mal-estar. Após uma reunião entre dirigente e treinador ficou decidido que Coudet permaneceria no comando do elenco.

O Brasil de Pelotas chega a Belo Horizonte para o jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil bem descansado. Afinal, o Xavante não atua há um mês, desde que foi eliminado do Campeonato Gaúcho. O clube tem uma das torcidas mais apaixonadas do Sul do País, mas não vive um bom momento em âmbito estadual.

Com a estreia do Galo na Série A do Campeonato Brasileiro no próximo sábado e jogo valendo pela Taça Libertadores no meio da próxima semana, é possível que Eduardo Coudet poupe alguns titulares no duelo com o Xavante nesta quarta-feira à noite. O experiente artilheiro Hulk, porém, deverá começar a partida contra o Brasil de Pelotas.

O jogo entre Atlético (MG) e Brasil (RS) será transmitido pelo canal Amazon. O árbitro do confronto no Mineirão será Edina Batista (SP), auxiliada por Neuza Inês Back e Leila Naiara da Cruz. Murilo Francisco Misson Júnior (MG) será o responsável pelo VAR

Escalações prováveis:

Atlético (MG): Everson; Saravia (Mariano), Jemerson, Lemos e Rubens; Otávio, Igor Gomes (Edenilson), Zaracho e Patrick; Paulinho e Hulk.

Tombense: Marcelo Pitol; Luís Gustavo, João Marcus, Rafael Dumas e Mário Henrique; Amaral, Guilherme Nunes, Luís Felipe, Patrick e Márcio Jhonatan; Da Silva.