Argentina derrota a França nos pênaltis e é tricampeã mundial

0
46

Foi um jogo sensacional, que muitos já consideram a maior decisão de copa da história do futebol e, ao término do confronto épico, decidido apenas na cobrança de pênaltis – 4 x 2 para a Argentina –, a seleção sul-americana conquistou o tricampeonato mundial derrotando a França, que também lutava por seu terceiro título.

No tempo normal o confronto terminou 2 x 2, com a Argentina dominando inteiramente a etapa inicial e saindo com a vantagem de dois gols para o intervalo, marcados pela grande dupla Messi-Di Maria. Após a saída de Di Maria, no segundo tempo, a França cresceu e empatou com dois tentos do jovem Mbappé. A Argentina recuou muito e quase tomou a virada na decisão.

O jogo foi para a prorrogação e mais dois gols, um de Messi e, para variar, outro de Mbappé, que terminou a Copa do Catar como artilheiro do torneio. O duelo histórico teve de ir para a cobrança de pênaltis e aí deu Argentina tricampeã.

Coman e Tchouaméni perderam suas cobranças e quatro argentinos converteram, dando o título à seleção portenha por 4 x 2 nas penalidades. Outro grande destaque argentino foi o goleiro Emiliano Martínez, que defendeu uma bola dificílima no final da prorrogação e uma penalidade. Aliás, três pênaltis foram marcados pela arbitragem no tempo normal e na prorrogação, dois para a França e um para a França.

Foi a última copa de Lionel Messi e sua definitiva consagração. Era o único título que faltava em sua vitoriosa carreira e agora se junta ao saudoso Diego Maradona entre os deuses de futebol que conseguiram levantar a mais cobiçada taça do futebol mundial defendendo sua seleção.