Técnico de Marrocos não teme poderio ofensivo de Portugal

0
41

Primeiro treinador africano a chegar às quartas de final de uma copa do mundo, o franco-marroquino Walid Regragui está muito confiante nos atletas da Seleção de Marrocos e deixa claro que não teme o poderio ofensivo de Portugal, que desclassificou a Suíça com uma retumbante goleada por 6 x 1.

Marrocos eliminou a Espanha na cobrança de pênaltis (3 x 0 para a seleção africana) e protagonizou uma das maiores surpresas da história das copas ao superar a Fúria, considerada uma das favoritas a ganhar o Mundial do Catar deste ano.

Walid Regragui tem 47 anos, nasceu na França, tem também cidadania marroquina, e atuou como lateral direito por vários anos. Como jogador ele defendeu alguns times franceses e espanhóis e assumiu o comando de Marrocos em setembro deste ano em um projeto de longo prazo que a princípio se estenderá até 2026.

O técnico marroquino associou o grande feito de eliminar os espanhóis ao estilo de jogo de seus comandados, que não deram espaço aos talentosos jogadores da Fúria, e ao ótimo goleiro Bono, que atualmente defende o Sevilla da Espanha. “Um dos melhores do mundo”, declarou o treinador após o arqueiro se destacar na cobrança de pênaltis contra a seleção europeia.

Sobre o duelo com Portugal nas quartas de final da Copa, Regragui deixa claro que respeita o time adversário, que tem o supercraque Cristiano Ronaldo como maior estrela e ótimos atletas como Pepe e outros, além de jovens promessas como Gonçalo Ramos, que fez três gols contra a Suíça.

Apesar do respeito, o treinador do Marrocos promete enviar a campo uma equipe muito determinada e como sempre fechando os espaços dificultar as ações dos portugueses. Regragui enfatiza que seus comandados têm o vigor físico como uma de suas principais características. “São valentes e não desistem de um jogada facilmente”, concluiu o treinador marroquino.

O jogo entre Marrocos e Portugal acontecerá no sábado às 12 horas (horário de Brasília) no Al Thumama Stadium, com transmissão ao vivo para o Brasil pela Rede Globo e pelo canal a cabo SporTV.