Com Sampaoli no banco, Flamengo encara Ñublense pela Libertadores

0
268
Foto: Gilvan de Souza/CRF - Divulgação

O jogo do Flamengo contra o Ñublense do Chile nesta quarta-feira às 21h30, no Estádio do Maracanã, marca a estreia do técnico Jorge Sampaoli no comando do atual campeão da Libertadores, substituindo o português Vítor Pereira. As equipes fazem parte do Grupo A do torneio continental e ambas perderam em suas estreias.

O rubro negro carioca levou a virada e foi derrotado pelo Aucas por 2 x 1, fora de casa, em seu primeiro compromisso pelo grupo. O Ñublense está estreando em Libertadores e perdeu na estreia para o Racing da Argentina por 2 x 0, mesmo atuando em seus domínios. Com isto, a vitória é fundamental para os adversários desta noite no maracanã.

Sampaoli esteve no camarote na vitória de 3 x 0 do Flamengo sobre o Coritiba na estreia na Série A do Campeonato Brasileiro no último domingo. A meta é superar a má fae do rubro negro nos primeiros meses da temporada, quando perdeu várias decisões como Supercopa do Brasil, Recopa Sul Americana e Carioca, este último sofrendo uma goleada de 4 x 1 para o Fluminense, o que precipitou a saída do técnico Vítor Pereira do clube.

O novo treinador fez somente um treinamento com o elenco completo do Flamengo. Pelo menos a princípio Sampaoli poderá voltar ao esquema com três zagueiros adotado por seu antecessor, até ter um maior conhecimento das peças que tem em mão. Pedro e Gabigol deverão comandar o ataque. Felipe Luís, com dores na panturrilha, Arrascaeta (adutor da coxa esquerda) e Matheuzinho, que fraturou a tíbia da perna esquerda, são desfalques certos na estreia de Sampaoli pelo Flamengo.

A escalação mais provável do atual campeão da Libertadores é Santos; Varela (Wesley), Fabrício Bruno, Léo Pereira, David Luiz e Ayrton Lucas; Thiago Maia, Gerson e Everton Ribeiro; Cebolinha, Gabigol e Pedro.

A princípio o Ñublense não tem desfalques para o confronto com os brasileiros no Maracanã e deverá começar a partida com Muñoz no gol, Rebolledo, Cerezo, Caroca, Zalazar e Campusano; Leiva, Reyeves, Rivera; Oyarzo e Valdés.

O jogo será transmitido para todo o Brasil pelos canais Globo e ESPN. O árbitro da partida será Wilmar Roldan, auxiliado por Dionísio Ruiz e Alexander Guzman todos da Colômbia. O responsável pelo VAR será o também colombiano Andres Rojas.