Inter duela com o Metropolitanos pela Libertadores

0
168
Imagem: Divulgação

Em partida válida pela segunda rodada do Grupo B da Taça Libertadores, o Internacional encara o Metropolitanos da Venezuela nesta terça-feira às 19 horas, no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. Na estreia na chave o Colorado empatou fora de casa com o Independiente Medellín por 1 x 1 fora de casa e busca a primeira vitória no torneio.

O Metropolitanos é um clube sem tradição na Libertadores e em seu primeiro compromisso na história da competição, na estreia do grupo, perdeu em casa para o Nacional por 2 x 1. Pelo campeonato venezuelano a equipe vem de duas vitórias consecutivas, sobre o Carabobo e o Estudiantes de Mérida.

O Inter tenta melhorar a má imagem deixada aos seus torcedores no Campeonato Gaúcho, quando nem sequer chegou à decisão do estadual – parando na semifinal – e viu o arquirrival Grêmio sagrar-se hexacampeão. Por isto, uma boa Libertadores tornou-se quase uma obrigação para a torcida colorada.

Para o confronto desta terça-feira o técnico do Internacional, Mano Menezes, terá o retorno de Keiller e Luiz Adriano. Com isto, o treinador deverá ter força máxima para o segundo compromisso da equipe na Libertadores de 2023. A ordem é imprensar o Metropolitanos desde o início da partida.

No Metropolitanos o treinador José Maria Morr tem como principal arma da equipe o oportunismo do atacante veterano Charlis Ortiz, de 36 anos, que marcou o gol do time venezuelano na derrota para o Nacional na estreia na Libertadores. Os Violetas devem ter um forte bloqueio defensivo para tentar resistir ás investidas dos donos da casa.

O jogo no Beira-Rio será transmitido ao vivo pela Paramount para todo o Brasil a partir das 18h50. O juiz da partida será Yael Falcon, com Ezequiel Brailovsky e Pablo Gonzalez como bandeirinhas. Todos pertencem ao quatro de arbitragem da Federação Argentina. No VAR o também portenho Leandro Rey será o responsável.

Escalações:

Internacional: Keiller; Igor Gomes, Vitão, Mercado (Rodrigo Moledo) e Renê; Baralhas (Campanharo), Carlos de Pena, Pedro Henrique, Alan Patrick e Wanderson; Luiz Adriano.

Metropolitanos: Giancarlo Schiavone; Néstor Cova, Andrés Ferro e Jeffre Vargas; Edwin Laszlo, Carlos Cermeño, Christian Larrotonda, Diego Castillo e Robinson Flores; Ely Valderrey e Charlis Ortiz.