Internacional visita o Bolívar pela Libertadores

0
221
Eduardo Coudet
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Em mau momento no Brasileirão, o Internacional muda o foco e visita o Bolívar nesta terça-feira às 19 horas (de Brasília) no jogo de ida das quartas de final da Taça Libertadores. O confronto ocorrerá no Estádio Hernando Siles, em La Paz.

O Colorado está há oito jogos sem triunfar na Série A e estacionou em 24 pontos, somente acima da zona de rebaixamento da competição nacional. Os gaúchos ainda não venceram no Brasileirão desde que o técnico Eduardo Coudet voltou ao clube, o que tem aumentado a pressão sobre o elenco.

O Bolívar está de volta à disputa de uma quarta de final de Libertadores após nove anos. Na ocasião a equipe boliviana conseguiu, inclusive, avançar às semifinais do torneio continental. La Academia ocupa a terceira posição no campeonato de seu país, com 41 pontos, cinco a menos que o líder The Strongest.

Para a partida contra os bolivianos nesta terça feira a noite Eduardo Coudet terá todos os jogadores titulares à disposição. A equipe deverá ser a mesma que venceu de maneira dramática o River Plate por 2 x 1 nas oitavas de final da Libertadores em confronto realizado no Beira Rio.

Os donos da casa têm como desfalque o lesionado atacante Lucas Chávez. O treinador Beñat San Jose tem uma dúvida no meio de campo, entre Saucedo e Justiniano. Entre os destaques do Bolívar estão dois brasileiros no ataque, Bruno Sávio e Francisco da Costa, que compõem o setor ofensivo com Ronnie Fernández.

O confronto entre Bolívar e Internacional pela Taça Libertadores terá a transmissão direta para todo o Brasil da Paramount +. O juiz da partida será o argentino Dario Herrera, auxiliado por seus compatriotas Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chase. No VAR estará outro argentino, Germán Delfino.

Prováveis escalações:

Bolívar: Carlos Lampe; Diego Bejarano, Bryan Bentaberry, Nicolás Ferreyra e José Sagredo; Gabriel Villamil, Leonel Justiniano (Fernando Saucedo) e Bruno Sávio; Patito Rodriguez, Francisco da Costa e Ronnie Fernández.

Internacional: Rochet; Bustos, Mercado, Vitão e Renê; Johnny, Aránguiz, Maurício, Alan Patrick e Wanderson; Enner Valencia.