Pressionado, Inter duela com Metropolitanos na Venezuela

0
179
Imagem: Divulgação

Em jogo de alto risco para o cargo do técnico Mano Menezes, bastante pressionado após cinco derrotas consecutivas na temporada, o Internacional enfrenta o Metropolitanos da Venezuela nesta quinta-feira às 21 horas (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de La UCV, em Caracas, na Venezuela. O confronto faz parte da quarta rodada do Grupo B e o Colorado luta para assumir a liderança da Chave.

O time gaúcho tem cinco pontos, dois a menos que Independiente Medellin e Nacional do Uruguai, que já jogaram na rodada. Portanto, se derrotar o Metropolitanos em Caracas o Internacional além de dar um pouco mais de paz ao treinador e equipe em momento tão conturbado, pulará para a ponta na classificação.

O Metropolitanos ainda não pontuou na Libertadores e para tentar a classificação precisará vencer os três jogos do returno, a começar do duelo desta quinta-feira com os brasileiros. No Campeonato Venezuelano o time ocupa a quinta posição, com 22 pontos, 13 a menos que o líder, a Academia Puerto Cabello, que disputa a Copa Sul-Americana.

Para o jogo em Caracas Mano Menezes deverá usar John no lugar de Keiller no gol do Colorado. O Internacional tem muitos desfalques para o compromisso na Venezuela, mas Wanderson deverá retornar. Luiz Adriano seguirá no comando do ataque e Nico Hernández entrará ao lado de Moledo.

No Metropolitanos o técnico José Maria Morr enviará a campo basicamente a mesma formação que enfrentou e perdeu para o mesmo Inter na derrota por 1 x 0. A principal estrela do time é o veterano e capitão Ortiz, de 36 anos, que fez um gol na atual edição da Libertadores.

O jogo em Caracas terá arbitragem argentina. O juiz será Nicolás Lamolina, auxiliado por Ezequiel Brailosky e Mariana de Almeida. No VAR estará Jorge Baliño. A partida será transmitida ao vivo para o Brasil pelo canal Paramount + a partir das 20h50.

Prováveis escalações:

Metropolitanos: Schiavone; Jeffre Vargas, Andrés Ferro, Nestor Cova e Bolívar; Christian Larotonda, John Machan, Carlos Cermeño e Robinson Flores; Freddy Vargas e Charles Ortiz.

Internacional: John; Rômulo, Moledo, Nico Hernández e Thauan Lara; Campanharo, Johnny e Alan Patrick; Pedro Henrique, Wanderson e Luiz Adriano.