Messi cada vez mais com o pé fora do Barcelona

0
141
Messi na Inglaterra ou Italia
foto: Barcelona / Divulgação

Com uma campanha apena mediana no Campeonato Espanhol e diante de mais um vexame na Uefa Champions League – o time foi massacrado pelo Paris Saint Germain por 4 x 1 na primeira partida das oitavas de final da competição – o Barcelona está cada vez mais distante e saudosista de momentos de glória não tão distantes no tempo.

Um jogador em especial está visivelmente insatisfeito e com o coração e a mente cada vez mais longe do clube que o projetou como um dos maiores atletas da história do futebol mundial. O supercraque argentino Lionel Messi já era para ter saído há alguns meses, mas foi pressionado pela diretoria catalã a continuar, sob pena de ter de pagar uma pesada multa por rescisão. Seu desejo era ir para o Manchester City do amigo Pep Guardiola e este sonho pode estar cada vez mais próximo.

O Barcelona patina em todas as competições que disputa, perdeu jogadores do calibre do uruguaio Suárez, que vem sendo decisivo na excelente campanha do líder da Liga Espanhola, o Atlético de Madrid, e insiste com um treinador sem carisma e que claramente não consegue. acertar o time.

O holandês Ronald Koeman, antes no comando da Seleção de seu país, foi contratado para tentar agradar Messi e promover uma restruturação do elenco, com a presença é claro do argentino. Não conseguiu nem uma coisa nem outra e coleciona fracassos. A estrela do clube catalão está cada vez mais apagada e apenas à espera do fim do contrato com o clube espanhol para dar um melancólico adeus à torcida. Talvez seja a única maneira de recuperar seus melhores momentos no futebol mundial.

O Barcelona está em terceiro lugar em La Liga, nove pontos atrás do líder Atlético de Madrid. Com a vexatória goleada sofrida para o PSG as chances de avançar na Champions caíram bastante e as perspectivas catalãs não são das melhores. O Manchester City ou outro dos grandes europeus parece, então, ser a única chance de redenção técnica de Messi.