Botafogo e Fluminense se enfrentam no Nilton Santos pelo Brasileirão

0
122
Foto; Vítor Silva/Botafogo

Em bom momento no Brasileirão, o Botafogo recebe o Fluminense nesta terça-feira às 20 horas no Estádio Nilton Santos em mais uma edição do tradicional Clássico Vovô, um dos mais antigos do País. Se vencer o alvinegro pode chegar pelo menos provisoriamente à liderança e o tricolor briga para se afastar da zona de rebaixamento.

O time de General Severiano, comandado pelo português Artur Jorge, tem 13 pontos, um a menos de Bahia e Flamengo, e está na terceira posição. O Botafogo não perde para o Fluminense há cinco jogos e superou a equipe das Laranjeiras nos quatro últimos confrontos.

O Fluminense empatou seu mais recente compromisso pelo Brasileirão e saiu do Maracanã debaixo de vaias após a igualdade com o Juventude por 1 x 1, em partida na qual o goleiro Fábio falhou no tento assinalado pelos gaúchos. O atual campeão da Libertadores avançou com folga para as oitavas de final da edição deste ano do torneio continental, mas vai mal na Série A, ocupando apenas a 15ª posição, com seis pontos, um a mais que o Corinthians, que no momento abre a zona de rebaixamento.

Artur Jorge tem pelo menos dos desfalques para o clássico: Danilo Barbosa está suspenso e Savarino serve à Seleção da Venezuela, convocado para a disputa da Copa América. O atacante Luiz Henrique pela primeira vez enfrentará seu ex-clube desde que chegou ao Botafogo.

No Fluminense o técnico Fernando Diniz deverá poupar Felipe Melo e a zaga deverá será formada por Marlon e Manoel. Convocado para atuar perla Seleção da Colômbia na Copa América, Jhon Árias desfalcará o tricolor. Marquinhos é o mais cotado para entrar na vaga do colombiano.

O clássico entre Botafogo e Fluminense pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro terá a transmissão ao vivo do Canal Premiere para todo o País a partir das 19h50, direto do estádio Nilton Santos. O juiz da partida será o paulista Flávio Rodrigues de Souza, do quadro da Fifa, auxiliado por Alex Ang Ribeiro (Fifa/SP) e Evandro Melo Lima (SP). No VAR estará o catarinense Rodrigo D’Alonso Ferreira.