Flamengo terá de pagar R$ 3 milhões de multa contratual por demissão de Rogério Ceni

0
25
Rogério Ceni
Rogério Ceni (foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Rogério Ceni não resistiu a uma sucessão derrotas na Série A do Brasileirão e a problemas internos no Flamengo e não é mais o técnico do rubro negro carioca, atual bicampeão brasileiro. Maurício Souza assume o comando da equipe no jogo contra a Chapecoense neste domingo no Maracanã e será mantido até a contratação de um novo treinador.

Pela demissão de Ceni, anunciada na madrugada deste sábado pelas redes sociais do clube, o Flamengo terá de desembolsar R$ 3 milhões de multa contratual. No site o clube agradece ao treinador pelos serviços prestados ao rubro negro e deseja sucesso ao técnico em seus futuros desafios.

Ceni deixa o Flamengo após dirigir a equipe em 45 jogos, com 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas – três delas nas últimas duas semanas -, com um aproveitamento de 59,3%. O time sob seu comando marcou 86 gols e levou 55.

O treinador conquistou três títulos no Flamengo – um a cada 15 partidas -, incluindo o último Campeonato Brasileiro. Apesar do bom desempenho em termos de conquistas, nunca teve a confiança da torcida, que credita as taças mais à qualidade do elenco do clube da Gávea e criticava o treinador por substituições equivocadas e não o considerava um nome à altura da grandeza do Flamengo.

O que precipitou a queda do treinador, no entanto, foi o péssimo relacionamento que tinha com funcionários do clube. Considerado arrogante e de pouco diálogo, Rogério Ceni caiu pouco depois da demissão do funcionário Roberto Drummond, que teve um áudio vazado no qual criticava o técnico pelo que considera uma falta de cuidado e intolerância ao lidar com os profissionais do rubro negro da Gávea.

Os dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel foram á casa do treinador na madrugada para a comunicar a decisão da diretoria de demitir o treinador. Nas redes sociais a maior parte dos torcedores se manifestou favoravelmente à decisão do clube de desligar Rogério Ceni.