Marinho, o ‘homem do Peixe’, vive grande fase no clube paulista

0
24
Marinho
Marinho (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Habilidoso com a perna esquerda, corajoso no ataque e criativo, o atacante Marinho do Santos tem se destacado e já desponta, com quase um terço dos jogos do Brasileirão já realizados, como grande candidato a melhor da competição. 

Se antes o atleta sergipano de 30 anos era mais conhecido como personagem de folclóricos memes que faziam a alegria de torcedores brasileiros, agora surge como ídolo santista e grande talento da Série A deste ano.

Em 2020 Marinho já fez 12 gols, nove deles com Cuca como técnico do Peixe. Além disso, tem sete no Brasileirão, do qual é artilheiro ao lado de Thiago Galhardo do Internacional. O atacante também tem servido muito bem a outros companheiros e na temporada já deu quatro assistências. Sem Marinho o Santos perde muito em criatividade e força ofensiva.

O jogador marcou mais uma vez na última partida do clube paulista pela Libertadores, quando o Santos venceu o Olímpia no Paraguai por 3 x 2 e se classificou para a próxima fase do torneio continental. Mais de 70% dos gols do Peixe saíram dos pés do habilidoso canhoto de Penedo (SE). Um destaque absoluto.

Mesmo com atuações tão acima da média da maioria dos atacantes do Brasileirão, Marinho é humilde e sempre faz questão de elogiar os companheiros de time e creditar os bons resultados ao conjunto do Santos. 

O atacante tem se entregado tanto em campo que na partida contra o Botafogo no Estádio Nilton Santos, que terminou 0 x 0 apesar da grande supremacia dos paulistas em campo, sentou-se no gramado após o apito final e chorou bastante por não ter conseguido marcar e levar o clube a uma vitória que merecia. 

Por tudo isso, o craque santista tem cada vez mais se tornado o grande nome de um Brasileirão até agora muito equilibrado e poucos destaques individuais.