Sá Pinto não entrega os pontos no Vasco e confia em vitória sobre o Flu

0
48
Ricardo Sá Pinto
Ricardo Sá Pinto (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O técnico do Vasco, Ricardo Sá Pinto, chegou ao clube como uma esperança para melhorar a equipe e pelo menos livrar o clube do quarto rebaixamento de sua história. O desempenho, porém, não tem sido dos melhores e o cruzmaltino perdeu sua terceira partida consecutiva sob o comando do treinador português no último final de semana. Pior que a derrota foi por goleada, com um 4 x 0 para o Grêmio em Porto Alegre.

O clube está em 17º lugar na tabela de classificação do Brasileirão, com apenas 24 pontos, ainda na zona de rebaixamento, e os resultados de Sá Pinto no comando do elenco não têm sido dos melhores. Até aqui foram três derrotas, duas vitórias e cinco empates, além de uma eliminação bisonha da Copa Sul-Americana em pleno estádio de São Januário com uma derrota de 1 x 0 para o Defensa y Justicia. 

Sá Pinto reconhece o mau momento de sua equipe no Brasileirão, mas deixa claro que ainda acredita em melhorias a curto prazo e já projeta uma boa vitória cruzmaltina no próximo compromisso do time na Série A, no próximo domingo, às 20h30, no Estádio de São Januário.

Na ocasião o Vasco enfrentará o Fluminense em mais um clássico carioca. O tricolor faz uma excelente campanha no Brasileirão deste ano sob o comando do técnico Odair Hellmann. O clube das Laranjeiras está na quinta posição, com 39 pontos, apenas um abaixo da faixa de classificação para a fase de grupos da Libertadores.

Mesmo ciente das dificuldades que terá contra o Flu, o treinador vascaíno confia que seu time conquistará os três pontos em São Januário e vai se recuperar no Brasileirão. “No dia em que mão acreditar na equipe serei o primeiro a comunicar que não tenho condições de continuar”, enfatizou o treinador.

Ainda restam 15 partidas para o Vasco na Série A e tempo para recuperação há de sobra, mas a reação deve começar rapidamente, para que o clube não amargue mais um rebaixamento. A pressão sobre Sá Pinto só tende a aumentar se os bons resultados não saírem logo.