Vasco garante Lisca como treinador, apesar da pressão da torcida

0
40
Lisca (Foto: Vitor Brügger / Vasco)
Lisca (Foto: Vitor Brügger / Vasco)

O primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro terminou e o Vasco ainda não dá mostras de que tem a equipe pronta para se posicionar no G4 e regressar à elite do futebol nacional em 2022. O time patina no meio da tabela e mesmo com o técnico Lisca tentando de todas as formas dar um padrão de jogo ao grupo, os bons resultados não aparecem.

O Vasco perdeu os últimos três jogos no torneio, o mais recente para o Operário (PR) por 2 x 0 fora de casa. Até o momento Lisca comandou o grupo em nove partidas, sete pela Série B e duas pela Copa do Brasil. 

Além de derrotado pelo São Paulo em ambos os confrontos da Copa do Brasil e ser eliminado da competição, o Vasco de Lisca perdeu quatro e venceu três na Série B. Um rendimento bem abaixo do que se esperava quando a diretoria cruzmaltina buscou o polêmico e folclórico treinador para o lugar de Marcelo Cabo. 

Com tantos resultados negativos a pressão dos torcedores vascaínos tem crescido nas redes sociais e vários já defendem a saída de Lisca do comando do time. A diretoria, porém, garante que o técnico está mantido e que é o profissional “ideal para recolocar o clube na Série A em 2022.”

Não há, segundo os dirigentes vascaínos, hipótese de se cogitar a saída de Lisca. Os cartolas estão totalmente fechados com o treinador e acreditam no seu potencial para gerar resultados positivos e levar o time de volta à elite. 

Na próxima rodada da Série B o Vasco terá em casa uma ótima chance de iniciar a recuperação no campeonato. Os cariocas enfrentarão a Ponte Preta em São Januário no domingo (29) e a equipe de Campinas (SP) está no momento, lutando contra o rebaixamento.