Cruzeiro sonha com Luxemburgo caso Mozart Santos peça demissão

0
64
Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Em péssima situação na classificação da Série B e já ameaçado de um novo rebaixamento, o Cruzeiro sonha em ter Vanderlei Luxemburgo como técnico caso Mozart Santos peça demissão do cargo, o que é visto como bastante provável pela diretoria cruzeirense.

O clube mineiro já teria feito uma sondagem inicial a Luxemburgo, que é o preferido da diretoria em caso de troca no comando do elenco. Aos 69 anos, o veterano treinador teve seu último trabalho no Vasco na disputa da última edição da Série A, não conseguindo livrar o Cruzmaltino do rebaixamento. 

Recentemente o Botafogo também procurou o treinador, mas não aceitou a pedida feita pelo técnico ao alvinegro carioca para substituir Marcelo Chamusca. Luxemburgo segue então livre no mercado, mesmo sendo um dos chamados profissionais de ponta no País.

O problema em relação a Luxemburgo é que a legislação agora prevê que um clube só possa mudar de técnico uma vez, a menos que o profissional peça demissão. O Cruzeiro entende que a saída de Felipe Conceição teria ocorrido em comum acordo, mas o treinador alega que ele foi demitido. 

Se o entendimento da Comissão Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) for que Felipe foi mesmo demitido, então a diretoria da Raposa só poderia ter Luxemburgo caso seu atual treinador, Mozart Santos, pedisse demissão do cargo.

O clube celeste no momento está em 17º lugar com apenas 11 pontos em 13 jogos, portanto na zona de rebaixamento para a Série C. A crise financeira do Cruzeiro continua causando estragos também dentro das quatro linhas e um novo rebaixamento poderá inclusive representar a falência do clube mineiro, um dos mais vitoriosos da história no Brasil.