Negociações com a Juventus por Douglas Costa travam, mas Grêmio segue confiante

0
38
Douglas Costa
Douglas Costa (foto: Divulgação / Juventus_

A antes provável transferência do meia atacante Douglas Costa para o Grêmio, que parecia bem encaminhada na última semana, pode no mínimo ser adiada por conta de uma exigência da Juventus da Itália, seu atual clube.

Os italianos têm uma dívida de seis milhões de euros com o jogador e querem que o brasileiro abata o valor para então liberar o atleta para ir para o Grêmio. Douglas Costa a princípio não aceita tal condição e a negociação entrou num impasse.

O fato foi divulgado após uma reunião realizada nesta sexta-feira em Turim entre membros da diretoria da Juventus, o estafe de Douglas Costa e um emissário gremista que foi à Itália especialmente para tentar facilitar a liberação.

A Juventus fez uma contraproposta ao Grêmio de um empréstimo do jogador, sem custos, até o final da temporada de 2021. O contrato de Douglas Costa com a Juventus termina na metade de 2022 e a legislação garante que o atleta já possa fazer um pré-contrato com o Grêmio em dezembro de 2021.

Segundo o vice-presidente de futebol do Grêmio, Marcos Hermann, a Juventus autorizou o representante do clube brasileiro a conversar diretamente com o jogador, que tenciona de fato regressar ao Brasil. Por isto, o mesmo dirigente está otimista de que tudo se acertará rapidamente, talvez com a liberação no máximo já na próxima terça ou quarta-feira.

Douglas Costa tem 30 anos e é natural do Rio Grande do Sul. Ele defendeu o Grêmio nas divisões de base e depois, já como profissional, entre 2008 e 2010. O meia está na Juventus desde 2018, mas passou uma temporada emprestado ao Bayern de Munique. O atleta já revelou que é torcedor do próprio tricolor gaúcho, o que pode facilitar ainda mais sua transferência para o Imortal.