Pretendido pelo Internacional, Taison ficará no Shakhtar até junho

0
29
Taison
Taison (foto: Shakhtar Donetsk)

O atacante Taison, de 32 anos, está na Ucrânia desde 2010 e além do Shakhtar Donetsk, seu atual clube, já defendeu o Metalist naquele país. Seu contrato termina em junho de 2021 e ele está tentando uma transferência antes do término do acordo com ucranianos, provavelmente para regressar ao Internacional (RS).

O técnico português Luís Castro, do Shakhtar, porém, não é favorável à liberação prematura do atleta brasileiro e enfatiza que conta com o atacante para buscar o bicampeonato da Liga Europa, um sonho do clube da Ucrânia.

O Internacional já fez mais de uma tentativa para ter o jogador e recentemente reiniciou as negociações em prol deste objetivo. O Shakhtar, porém, permanece irredutível e dificilmente o Colorado terá sucesso. Taison só poderá ser do clube gaúcho quando se encerrar seu contrato, garante Luís Castro.

Em agosto do último ano o Milan da Itália chegou a fazer uma proposta de 25 milhões de euros para ter o atacante brasileiro revelado no Beira-Rio, mas a tentativa também não foi bem sucedida. Taison é considerado inegociável no momento, mesmo com as boas propostas que possam surgir na Europa ou de clubes brasileiros.

Mesmo com a intenção de não liberar o brasileiro, sabe-se que a diretoria do clube ucraniano não deverá renovar o contrato do atacante em junho, pois passa por um período de renovação, o que também teria dado alguma esperança ao Internacional e ao Milan de conseguir uma liberação mais rápida.