Botafogo enfrenta o Brasiliense pela Copa do Brasil

0
130
Foto: Botafogo/Reprodução

O questionado técnico do Botafogo, Luís Castro, tem nesta quarta-feira mais uma oportunidade para demonstrar a que veio e manter-se no cargo no alvinegro carioca, que enfrenta o Brasiliense pela segunda fase da Copa do Brasil. O trabalho do treinador tem sido muito criticado pelos torcedores e vários têm pedido sua demissão pelas redes sociais.

O jogo acontece no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), às 20 horas, pois o estádio do Botafogo, Nilton Santos, segue fechado para a troca do gramado, que passará a ser artificial e só deverá voltar a ser utilizado no início de abril. O confronto com a equipe do Distrito Federal tem sido considerado de alto risco para a SAF do Botafogo, que recentemente completou um ano e ainda deve muito aos fanáticos torcedores do clube, que sonharam muito com a volta de grandes craques e títulos de projeção com John Textor na administração e o americano segue devendo, e muito!

As últimas apresentações do alvinegro de General Severiano têm sido péssimas e a equipe parece até mesmo ter regredido em relação ao que os torcedores presenciaram na segunda metade do último campeonato brasileiro. A saída do mais criativo atleta do Botafogo, o atacante Jeffinho, para o Lyon – clube também sob o controle acionário de Textor – enfraqueceu bastante o setor ofensivo do time carioca e por enquanto nenhuma peça de qualidade chegou pada suprir a ausência do jovem.

Na primeira fase da Copa do Brasil o Botafogo se classificou no sufoco no duelo com o Sergipe em Aracaju. O alvinegro perdia até os 52 minutos do segundo tempo, quando conseguiu empatar com um tento marcado pelo zagueiro Adryelson após um cruzamento na área sergipana.

No campeonato carioca o Glorioso ficou de fora da semifinal depois de perder para a fraca Portuguesa na última rodada. Com tantos resultados negativos e decepções a irritação da torcida parece justa e a paciência com Textor e Castro chegou ao limite. Um novo insucesso contra o Brasiliense só aprofundará a crise.

O Brasiliense também conseguiu a classificação na primeira fase com um empate de 1 x 1 com o Athletic (MG). Quem passar pela segunda etapa da Copa do Brasil receberá da CBF um prêmio de R$ 2,1 milhões. O árbitro da partida será o gaúcho Anderson Daronco, auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Eduardo Bernardi (RS).