Fortaleza pode ter até seis desfalques contra o Atlético (MG)

0
9
Fortaleza

Como se não bastasse a obrigação de tirar uma enorme vantagem de quatro gols a favor de um fortíssimo adversário, o Fortaleza ainda terá até seis desfalques para o jogo de volta contra o Atlético (MG) pela semifinal da Copa do Brasil.

Na partida de ida em Belo Horizonte o Galo goleou o tricolor cearense por 4 x 0 e pode perder por até três gols de diferença na Arena Castelão na próxima quarta feira que ficará com a vaga na decisão da Copa do Brasil contra o vencedor de Flamengo x Athletico (PR).

O técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, tem muitos problemas para escalar a equipe para o duelo no Ceará. Além do zagueiro Marcelo Benevenuto e do meia Lucas Lima não poderem defender o Leão por já terem atuado na competição por outros clubes – o que está previsto no regulamento da competição -, Yago Pikachu, suspenso e também lesionado, não estará em campo.

Outros desfalques certos são Robson, com lesão no pé direito e Tinga, que se recupera de uma contusão no adutor da coxa esquerda. Titular absoluto na temporada, Lucas Crispim – que já marcou cinco gols e deu 11 assistências em 14 partidas pelo Fortaleza – também está quase fora do duelo com o Atlético. Ele está sentindo dores na coxa esquerda e é dúvida para Vojvoda.

Apesar de o treinador e a comissão técnica não entregarem os pontos, a difícil missão de reverter a vantagem do Galo nas semifinais coloca a disputa do Brasileirão como prioridade máxima do tricolor cearense até o resto da temporada. O Fortaleza faz a melhor campanha de sua história e está no G4 da Série A, com grande chance de conquistar uma vaga inédita na Copa Libertadores.