Atacante do Fortaleza não acredita em jogo fácil contra o Atlético (GO)

0
19
Ángelo Henríquez (Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza)
Ángelo Henríquez (Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza)

A demissão do treinador do adversário, Eduardo Barroca, no início da semana não pode, na opinião do atacante Ángelo Henríquez, do Fortaleza, servir de indicativo de uma partida fácil contra o Atlético (GO) no próximo sábado na capital cearense.

O atacante chileno lembrar que equipes que estão na parte mais baixa da tabela costumam dar trabalho para as que estão em cima e oferecerem muita resistência aos adversários mais fortes mesmo quando jogam fora de casa.

– Qualquer jogo no Castelão é complicado. Os rivais têm bons jogadores, com um treinador ou não. Então nunca é fácil vencer um jogo. Não podemos achar que pelo fato de o adversário ter perdido os últimos jogos e demitido o treinador que teremos facilidade – salientou o jogador do Leão do Pici.

O Fortaleza ocupa a terceira posição na tabela de classificação da Série A, com 36 pontos, e faz sua melhor campanha na história da competição. O forte time cearense também está na semifinal da Copa do Brasil e enfrentará o líder do Brasileirão, o Atlético (MG), em dois jogos de ida e volta.

Na última rodada o tricolor quebrou uma série de oito jogos sem vitórias pelas duas competições ao bater o Sport Recife fora de casa por 1 x 0, gol marcado pelo zagueiro Marcelo Benevenuto aos 33 minutos do primeiro tempo.

O Atlético (GO) está em 12º lugar, com 27 pontos, quatro a mais que o Bahia, equipe que abre a zona de rebaixamento do torneio nacional. O Dragão não vence há cinco rodadas, com quatro empates e uma derrota. 

O péssimo momento do time na competição levou à demissão do técnico Eduardo Barroca no início da semana e contra o Fortaleza o rubro negro goiano será comandado por Eduardo Souza e João Paulo Sanches, da comissão técnica permanente do Dragão.