Sonho adiado

0
56
Neymar Jr.
Neymar Jr. (Site Oficial do PSG)

Numa recente entrevista, na véspera do primeiro jogo contra o Manchester City, Neymar, com sua conhecida arrogância e aquele ar blasé, afirmou que não liga para o prêmio de maior jogador do mundo e que sua prioridade era vencer a Liga dos Campeões.

Conversa para boi dormir, como diz o ditado popular. Na verdade, sempre sonhou com ambos os títulos. Mas isso fica para o próximo carnaval. Não conseguiu realizar seu objetivo.

Mais uma vez, Neymar jogou mal num jogo decisivo. Jogadas improdutivas, instabilidade emocional, nervoso em determinados momentos e, além disso, demonstrou estar sem explosão muscular. Problemas sérios para um jogador com o seu prestígio e o seu salário. Decepcionou!

A revista France Football deu nota 2 para a sua atuação e ressaltou o seu individualismo – queria fazer tudo sozinho.

Seu time não conseguiu superar o Manchester City, treinado pelo bom técnico Pep Guardiola. No primeiro jogo, o PSG foi derrotado por 2 a 1. E no segundo, na Inglaterra, nova derrota, 2 a 0, amplamente superado pelo time inglês, que fará a final da Champions pela primeira vez. 

Neymar tem contrato com o clube até o primeiro semestre 2022, quando fará 30 anos. Especula-se, já há algum tempo, se vai voltar para o Barcelona, de onde saiu para ser a estrela maior do PSG.

No momento, resta tentar vencer o campeonato francês. Caso isso não ocorra, o desgaste será ainda maior, podendo ocasionar crise no clube.

 Para usar aqui um jargão que os tecnocratas usam com frequência, será que o custo benefício está valendo a pena? É o que a diretoria do clube certamente terá que avaliar.