Há três jogos sem vencer, Alemanha faz amistoso contra a Colômbia

0
187
Imagem: Federação Alemã/Divulgação

Em má fase e há três jogos sem vencer, a Seleção da Alemanha, tetracampeã do mundo, enfrenta a Colômbia nesta terça-feira às 15h45 (de Brasília), em mais uma partida amistosa pela Data Fifa. O duelo ocorrerá na Valtins-Arena, estádio do Schalke 04, na cidade alemã de Gelsenkirchen.

Enquanto os alemães vivem um jejum de vitórias, os colombianos fazem um excelente 2023. Ao todo, os sul-americanos já jogaram seis vezes, com quatro vitórias e dois empates. A Colômbia enfrentou Estados Unidos, Coreia do Sul, Japão e Iraque e passam por um período de renovação. O último compromisso da seleção comandada por Nestor Lorenzo contra um europeu ocorreu na Copa de 2018, quando perdeu nos pênaltis para a Inglaterra e foi eliminada ainda nas oitavas de final. No tempo regulamentar houve empate de 1 x 1.

Mesmo com dois anos de trabalho o técnico da Alemanha, Hansi Flick, ainda não conseguiu que a seleção se adequasse ao seu estilo de jogo. Os sucessivos tropeços já têm preocupado os alemães, pois a próxima Eurocopa, em 2024, acontecerá justamente naquele país europeu. A Alemanha vem de derrotas para a Bélgica por 3 x 2 e para a Polônia por 1 x 0, além de um empate de 3 x 3 com a Ucrânia.

Os confrontos entre alemães e colombianos costumam ser bem mais favoráveis aos europeus. As duas seleções já se enfrentaram em quatro oportunidades, com duas vitórias para a tetracampeã mundial e dois empates. O último jogo ocorreu em 2006 e terminou com o placar de 3 x 0 para a Alemanha, gols de Ballack, Schweinsteiger e Borowski.

O amistoso entre a Alemanha e a Colômbia será transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo canal a cabo SporTV3 a partir das 15h30, horário de Brasília.

As melhores chances para esse confronto são oferecidas pela casa de apostas Bet365 e nós o convidamos a dar uma olhada na oferta dessa casa de apostas.

Prováveis escalações:

Alemanha: Leno; Ginter, Rudiger, Schlotterbeck; Wolf, Gundogan, Goretzka e Gosens; Sane e Musiala; Fullkrug.

Colômbia: Montero; Muñoz, Sanchez, Lucumi e Machado; Uribe e Lerma; Cuadrado, Carrascal e Diaz; Borre.