Guto Ferreira encerra ciclo no Ceará com legado positivo

0
31
Guto Ferreira
Guto Ferreira (foto: Pedro Chaves/FCF)

Demitido depois da derrota do Ceará por 2 x 0 para o América (MG) na última rodada pela Série A do Campeonato Brasileiro, o técnico Guto Ferreira encerrou sua passagem pelo clube cearense com um legado positivo, mas num momento em que já sofria muita pressão por parte da torcida do Vozão e parte da diretoria.

Guto comandou o alvinegro cearense em 94 jogos, conseguindo 41 vitórias, 30 empates e perdendo 23 partidas. No clube ele conquistou a Copa do Nordeste de 2020 e classificou o Vozão para a Copa Sul-Americana no mesmo ano, mas perdeu o título estadual para o arquirrival Fortaleza, sem conseguir quebrar a hegemonia do tricolor como o principal time do Ceará.

O treinador deixa o alvinegro na oitava posição da Série A de 2021, com 44% de aproveitamento no torneio. Um aproveitamento no mínimo mediano, porém que não bastou para segurar o cargo de Guto Ferreira no Vozão, clube de maior torcida no Ceará.

Mesmo reconhecendo a competitividade do time nos últimos anos – uma marca registrada do estilo de Guto -, muitos torcedores já pressionavam a diretoria por uma mudança que desse ao Ceará a possibilidade de voos mais altos. O técnico também sofria a oposição de setores da diretoria e acabou demitido com a derrota para o América em Belo Horizonte.

O Ceará agora tem 13 dias de prazo até o próximo jogo pela Série A, contra o Grêmio na arena do adversário gaúcho. Critério será fundamental para que os dirigentes consigam contratar alguém que possa substituir o simpático e folclórico “Gordiola” com sucesso. Com certeza será um grande desafio para os cartolas do Vozão.