Perfil ofensivo pesou na escolha de Tiago Nunes para técnico do Ceará

0
39
Tiago Nunes
Tiago Nunes (foto: Divulgação / Ceará)

O perfil ofensivo de Tiago Nunes, além de sua característica de profissional estudioso do futebol, pesou na sua escolha pela diretoria do Ceará para substituir o técnico Guto Ferreira, demitido pelo Vozão no último final de semana após a derrota por 2 x 0 para o América (MG) pela Série A do Campeonato Brasileiro em jogo realizado em Belo Horizonte.

A contratação de Tiago Nunes foi acertada na última segunda-feira, demonstrando que a diretoria do clube cearense agiu rapidamente para encontrar um substituto para Guto Ferreira no comando do elenco. O gaúcho de 41 anos já deverá estar no banco no próximo compromisso do Ceará pela Série A, contra o Grêmio no dia 12 de setembro.

Tiago Nunes já dirigiu clubes como Corinthians, Athletico (PR) e Grêmio e conquistou as Copas Sul-Americana e do Brasil, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Paranaense pelo Athletico (PR), além de um Gauchão pelo Grêmio este ano. Ele assinará um contrato até o final de 2022 com o Ceará.

O treinador tem um estilo mais ofensivo, conhecer bem a Série A e tem um perfil mais estudioso, de inovação tática. Sua carreira vitoriosa e capacidade de integrar os jogadores da base nas equipes que dirige também agradaram à diretoria do Vozão. O objetivo dos dirigentes é que o alvinegro cearense tenha uma equipe mais criativa e com bom desempenho coletivo, além de ofensiva.

Apesar do sucesso de Guto Ferreira no comando do Ceará muitos torcedores reclamavam que o time não correspondia bem em termos de ataque e não conseguia sustentar um bom padrão de jogo no decorrer das partidas pelo Brasileirão, o que impedia o crescimento na competição nacional deste ano. Tiago Nunes chega para tentar sanar tal deficiência.