Resultado negativo ameaça técnico Enderson Moreira no Cruzeiro

0
80
Enderson Moreira
Enderson Moreira

O Cruzeiro saiu derrotado mais uma vez no Mineirão pela Série B do Brasileirão, desta vez para o América no clássico deste sábado, e a situação do técnico Enderson Moreira fica cada vez mais complicada. 

Mais do que os insucessos em termos de resultados, a má qualidade técnica e tática da equipe celeste tem preocupado muito à torcida e gerado críticas entre membros da diretoria da Raposa mineira e parceiros importantes da atual gestão no clube.

A verdade é que o América dominou inteiramente a partida e poderia ter até goleado os cruzeirenses, tal o volume de jogo do Coelho em campo. A péssima apresentação foi criticada pelo empresário Pedro Lourenço, tradicional apoiador do atual presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, e principal patrocinador financeiro do clube no momento difícil que atravessa.

Pedro Lourenço cobrou mudanças urgentes da diretoria e enfatizou, ao término da partida deste sábado que o técnico Enderson Moreira não estaria rendendo tudo o que se esperava de um comandante do time no banco. 

Segundo o atual mecenas cruzeirense, o treinador deveria ser demitido imediatamente. “Se eu fosse o presidente eu demitiria o técnico hoje mesmo”, assinalou o empresário, que também criticou alguns jogadores que, na sua opinião, não merecem vestir a camisa da Celeste mineira. 

Há três partidas sem vitória na Série B, o Cruzeiro ocupa no momento a modesta 14ª colocação na tabela posição, com apenas quatro pontos – o time começou seis atrás por conta de uma punição aplicada pela Fifa. O América (MG), que terminou a rodada como o último membro do G4, está com 11, sete a mais que o rival mineiro.

Por enquanto o técnico Enderson Moreira, que pediu mais tempo e paciência, segue no comando do time, mas se os resultados positivos demorarem, a fritura que já o atinge com certeza levará à demissão do treinador. O Cruzeiro não pode correr o risco de não voltar à Série A já em 2021.