Fórmula de disputa do Mineiro ainda confunde atletas e torcedores

0
19
Foto: Bruno Cantini/ site do Atlético (MG)

A nova forma de disputa do Campeonato Mineiro ainda confunde atletas e torcedores, acostumados ao sistema de 12 equipes e enfrentando entre si em turno único, com os quatro primeiros colocados indo para a semifinal. As mudanças ainda não foram bem assimiladas e têm sido criticadas nas redes sociais.

Pelo novo regulamente, as 12 equipes serão divididas em três grupos com quatro times em cada. Os quatro primeiros na tabela de cada chave avançarão para a próxima fase, assim como o melhor segundo colocado na pontuação geral do torneio.

Um triangular com o pior time de cada grupo definirá, em partidas de ida e volta, quem serão os dois rebaixados. As semifinais e a final do Mineirão 2023 também serão no sistema de dois jogos, de acordo com a nova forma de disputa.

Atlético (MG), atual tricampeão, América e Cruzeiro serão os cabeça de chave na fase inicial do torneio estadual. O campeonato é disputado desde o ano de 1915 e o Galo tem o maior número de títulos, 47 ao todo. O Cruzeiro tem 38 e o América vem em seguida com 16.

O Campeonato Mineiro de 2023 começará com partidas marcadas para os dias 21, 22 e 23 deste mês. O Atlético ainda é considerado favorito para conquistar seu quarto título, mas o Cruzeiro, agora respirando os ares da SAF e administrado pelo ex-jogador Ronaldo Nazário, promete interromper a série vitoriosa do Galo.

O América também tem feito grandes participações nos últimos anos, inclusive em torneios nacionais, pois chegou recentemente a uma semifinal de Copa do Brasil. O Coelho tem contratado alguns atletas e quer o título que não conquista desde 2016.