Inter só precisa empatar com o CSA em Maceió

0
215
Foto: Ricardo Duarte/Sport Club Internacional

Com o triunfo por 2 x 1 obtido no Estádio Beira Rio no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Internacional tem a vantagem do empate na partida de volta nesta quinta-feira às 20 horas, contra o CSA em Maceió, para ficar com a vaga nas oitavas de final do torneio nacional. Se os alagoanos devolverem o saldo dos gaúchos a definição da vaga ficará para a cobrança de pênaltis. Ao Azulão só resta fazer no mínimo 2 x 0 para avançar na competição no tempo normal.

O Colorado teve muita dificuldade para superar o CSA em Porto Alegre, por isto espera-se um confronto ainda mais acirrado em Maceió com casa cheia apoiando o time local. O Azulão teve um prazo maior para a preparação para o confronto que o Internacional. Quem avançar para as oitavas de final receberá nada menos que R$ 3,3 milhões de premiação da CBF. Uma injeção financeira que faz bastante diferença no orçamento de qualquer clube do País. O CSA estreará na Série C somente na próxima quinta-feira, enfrentando o Confiança no Estádio Rei Pelé, também palco do confronto com o Internacional.

O Internacional ganhou um embalo extra depois da vitória de virada por 2 x 1 sobre a forte equipe do Flamengo no último final de semana no Estádio Beira Rio, pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A única derrota sofrida pelo Colorado na temporada foi justamente para o arquirrival Grêmio no Gauchão, que acabou conquistado pelo tricolor pelo sexto ano consecutivo. A equipe comandada por Mano Menezes está invicta há oito jogos e terá força máxima contra o CSA nesta quinta-feira à noite.

O duelo em Maceió terá a transmissão ao vivo da Amazon Prime a partir das 19h50, para todo o Brasil direto do Estádio Rei Pelé. O árbitro da partida será Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado Danilo Ricardo Simon e Evandro de Melo Lima, todos de São Paulo. No VAR estará Daiane Muniz, também da Federação Paulista.

Escalações:

CSA: Dalberson; Cedric (Arnaldo), Edinei, Rafael Forster e Rhuan; Bruno Matias, Moisés e Thomas Bastos; Thiaguinho, Gabriel Taliari e Jô (Iago Teles).

Internacional: Keiller; Igor Gomes, Mercado, Vitão e Renê; Campanharo, Johnny e Alan Patrick; Pedro Henrique, Wanderson e Alemão.